Notícias

Guarda Portuário se classifica para o 2º Jogos Mundias de Policiais que será realizado em Abu Dhabi

Fonte: AssCom Sindaport / Denise Campos De Giulio

 
Após disputar e vencer várias baterias de elevado nível técnico envolvendo atletas de todo o país, o guarda portuário da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Felipy Nunes de Barros, vai integrar a equipe de natação que representará o Brasil nos 2º Jogos Mundiais de Policiais, que será realizado entre os dias 1º e 11 de novembro na bela Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.
 
Para obter a tão sonhada vaga Felipy Nunes teve que superar concorrentes integrantes de corporações policiais (Guarda Portuária, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e outros) de diversos estados durante a seletiva nacional realizada pela Federação Brasileira de Desportos de Policiais e Bombeiros (FBDPB), em maio.
 
Promovido pela International Police Sports Union (USIP), entidade reconhecida pelo Comitê Olímpico Internacional, o evento esportivo será disputado por atletas policiais oriundos de países da Europa, Ásia, América do Sul e do Norte, Oceania e África. 
 
A boa notícia foi confirmada pelo secretário geral da  FBDPB, Paulo César Ferreira Rodrigues, que no último dia 5 encaminhou ofício ao presidente da Codesp, José Alex Botelho de Oliva, requerendo do mandatário a liberação para que Felipy Nunes  possa integrar o selecionado brasileiro na competição mundial, sem qualquer ônus aos cofres da estatal portuária.
 
O presidente do Sindicato dos Empregados na Administração Portuária (Sindaport), Everandy Cirino dos Santos, parabenizou o atleta. "Ter o Felipy como associado do sindicato e sobretudo como companheiro é certamente motivo de muito orgulho e uma grande honra para todos nós."
 
O diretor social do Sindaport, Edilson de Paula Machado, também não poupou elogios ao colega de trabalho. "Independentemente do resultado nos jogos, o Felipy já é um grande vitorioso não só como atleta, mas como amigo, parceiro e principalmente como homem. Um exemplo que deve ser seguido." 
 
Além do guarda portuário, integram a equipe de natação os policiais militares de São Paulo, Matheus Roncatto e Lucas Pimenta, e o bombeiro goianiense Gustavo Gimenes. Já a equipe feminina será composta pela policial militar de São Paulo, Silvana Saraiva, pelas bombeiras Vick Dantas, do Distrito Federal e Luna Roriz, de Goiânia, além da guarda municipal do Rio Janeiro, Marylin Cézar. As equipes terão como técnico o policial militar paulistano, Marcelo Laureano. O Brasil também enviará equipes para as disputas de tiro, judô e jiu jitsu.
 

  • 01
  • 01
  • 01



Imprimir Indicar Comentar

Comentários (0)



Compartilhe



Voltar